Bate-Estaca – Como Djs, Drag Queens E Clubbers Salvaram A Noite De Sao Paulo

Autor Rocha, Camilo

R$99,90 1x de R$99,90 sem juros

27 em estoque

Consulte o frete e o prazo de entrega:
SKU: 9788595712034 Categoria:

Descrição do produto e informações técnicas

Bate-Estaca – Como Djs, Drag Queens E Clubbers Salvaram A Noite De Sao Paulo

O Livro Bate-Estaca – Como Djs, Drag Queens E Clubbers Salvaram A Noite De Sao Paulo , trata de, Se hoje um DJ como Alok reúne mais de um milhão de pessoas em seus shows e marca presença nas primeiras posições de streamings de música mundo afora é porque 40 anos atrás os primeiros beats eletrônicos começaram a soar no underground paulistano, do centro à periferia. Bate-Estaca narra o surgimento e a explosão dessa cena na São Paulo dos anos 1980 ao início dos anos 2000. Combinando pesquisa de campo, entrevistas e memória, Camilo Rocha mostra a ascensão dos clubes históricos dos anos 1980, como Nation, Toco e Overnight, o surgimento do Hell’s Club e das raves nos 1990, até os megafestivais de música eletrônica dos anos 2000. Uma história protagonizada por clubbers, DJs e drag queens que mudaram não apenas a noite, mas toda a paisagem da cidade e a forma como as pessoas se divertiam e consumiam cultura. A cena eletrônica é o fio condutor de uma narrativa que tem como pano de fundo a história da cidade de São Paulo e as inúmeras transformações sofridas nas três décadas retratadas no livro: a ascensão e queda de casas noturnas, a mudança no perfil de alguns bairros, o choque e a aceitação de novos códigos de comportamento, os intercâmbios e as disputas entre realidades centrais e periféricas, o impacto causado por uma cidade barulhenta, poluída e agitada em uma juventude inquieta e criativa. Com prefácio de Cláudia Assef e projeto gráfico da Casa Rex, o livro é ricamente ilustrado com fotos de Fabio Mergulhão, Cláudia Guimarães e Teylor Soares, além de imagens de acervos pessoais de frequentadores da cena. Sobre o autor: Camilo Rocha é jornalista, DJ e pesquisador musical. Em publicações brasileiras e internacionais como Folha de S.Paulo, Estadão, Bizz, Muzik e BBC World, ele acompanhou de perto o desenvolvimento da cena em torno da música eletrônica brasileira. Viu e anunciou o nascimento de novos movimentos, além de contribuir para o lançamento de tendências em seu trabalho de jornalista e DJ. Se tiver alguma dúvida, entre em contato aqui

Peso0,73 kg
Dimensões25 × 42 cm
Paginas

224

Idioma

Portugues

Editora

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Bate-Estaca – Como Djs, Drag Queens E Clubbers Salvaram A Noite De Sao Paulo”

Quem comprou, também gostou!